21
Nov 04

 



«Era uma vez um grande samurai que vivia perto de Tóquio.
Mesmo idoso, dedicava-se a ensinar a arte zen aos jovens.
Apesar da sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.
Certa tarde, um guerreiro conhecido pela sua total falta de escrúpulos apareceu por ali.
Queria derrotar o samurai e aumentar a sua fama. O velho aceitou o desafio e o 
jovem começou a insultá-lo.

Atirou-lhe algumas pedras, cuspiu no seu rosto, insultou-o,
ofendeu os seus antepassados.
Durante horas, fez tudo para o provocar, mas o velho permaneceu impassível.
No final do dia, sentindo-se já exausto e humilhado, o guerreiro
retirou-se.


Os discípulos, surpresos, perguntaram ao mestre como pudera ele suportar
tanta
indignidade.

O ancião respondeu:

- Se alguém te oferece um presente e tu não o aceitas, a quem
pertence o presente?
- A quem tentou entregá-lo - respondeu um dos discípulos.
- O mesmo acontece com a inveja, a raiva e os insultos. Quando não são
aceites,
continuam a pertencer a quem os carregava consigo.
A tua paz interior depende exclusivamente de ti.»
publicado por Francisco Caramelo às 10:36

Novembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO